TERAPEUTAS DEVEM SE SUBMETER A UMA SUPERVISÃO CLÍNICA

Às vezes, o analista de um determinado sujeito, se flagra experimentando certas emoções ou tomando certas posições que lhe surpreendem e que, de alguma sorte, dizem respeito à necessidade do seu analisando. Pode ser que aquele analisando esteja de fato mobilizando antigos conflitos do analista, mas pode ser também um efeito daquilo que o seu analisando projetou nele. Hora de buscar um supervisor para acompanhar os seus casos clínicos e de investir também cada vez mais na sua análise, pois não devemos esquecer que a contratransferência, ainda que identificada na supervisão, é problema da análise, mas a contra identificação projetiva é questão a ser abordada com o seu supervisor.

A supervisão de Psicoterapeutas requer desejo, disciplina, algumas condições preestabelecidas entre supervisor e supervisionado.

 

Pimentel, D. Os impasses da supervisão, in Formação de Psicanalistas. Ed: CEFET-SE, 2004, p.83-90.

Deixe um comentário