Transtornos Depressivos como Causa de Absenteísmo entre Profissionais da Saúde Pública em Sergipe

A depressão, já conhecida como mal do século, atinge todas as profissões, entretanto acomete com maior frequência os que interagem com pessoas que precisam de sua ajuda, ou seja, a equipe da saúde. A graduação desses profissionais visa torná-los mecânicos e objetivos, esquecendo-se de oferecer o apoio psíquico e profissional tão importante para a humanização e o preparo psicológico para o ambiente hospitalar, evitando o seu adoecimento.

Os profissionais da saúde dispõem-se a zelar pela saúde dos seus pacientes, entretanto a escassez de preocupação com sua vida, além da forma organizacional do trabalho e as difíceis relações interpessoais, os torna susceptíveis ao adoecimento físico e/ou mental.

Dessa forma, foi realizado um estudo com objetivo de descrever o perfil do servidor público estadual das áreas da saúde com afastamento do trabalho por depressão em Sergipe, bem como avaliar o índice de reincidência e as características do afastamento.

Os resultados mostraram que a depressão em profissionais da saúde tem alta prevalência, com uma realidade preocupante e que necessita de intervenções.

Para saber mais detalhes sobre essa pesquisa, acesse o artigo completo. Clique aqui!

Deixe um comentário