Sofrimento psíquico dos médicos brasileiros durante o combate à pandemia da Covid-19

O atual cenário mundial em decorrência da pandemia por Covid-19 deixa não só a população em geral tensa com as possíveis consequências com relação à saúde e às vidas das pessoas, mas, também, faz com que os próprios profissionais de saúde se sintam extremamente ameaçados em um cenário absolutamente desconhecido, de proporções mundiais e de emergências humanitárias. Este surto epidemiológico acontece em um cenário que sequer temos recursos estruturais para atender demandas excessivas de pacientes, por ausência de leitos, respiradores nas unidades de tratamento intensivo ou, muitas vezes, simples Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para a equipe de saúde.

Realizamos em parceria com alguns pesquisadores, Daniel Lima Figueiredo, Ikaro Daniel de Carvalho Barreto e Roberta Machado Pimentel Rebello de Mattos, um estudo que envolveu médicos de todo o Brasil, que responderam esta pesquisa no período de 19 de abril a 3 de maio de 2020, e os resultados são alarmantes.

Para saber detalhes sobre este estudo,  que saiu na Revista SOMESE leia o artigo completo: Clique aqui!

Deixe um comentário